19/07/2012

Doce loucura**


Espero o efeito dessa louca doidera passar... quero que tudo volte a ser louco como antes, mas não louco desse jeito, do jeito que esta hoje, quero doce do jeito que era...

Loucos todos somos, e desejamos ser loucos constantemente.

Pelo menos é isso que desejamos na flor da idade, no fervor da hora, na doce loucura da vida.
Desejamos profundamente ser taxados de loucos, porque os loucos é que são felizez, não é?

Louca estava eu no final da tarde, observando o sinal, abrir e fechar, estática, só pensando na vida.
E o sinal nem bola para mim.
Foi o instante mais terno da minha vida, foi o dia mais longo do ano... sempre é mais longo e torturante quando se trata do seu amor incondicional.
As 7 horas da manhã, um louco me liga.
Dizendo que o peito dói e que seus pés estão gelados.
Meu coração, frenético por natureza, pira, entra numa disritmia sem fim.
Fico de longe, com o coração na mão, na gartanta, sem saber oque fazer.
Parece que hoje foi o dia em que a terra parou.
O aconteceu com o meu louco herói?
Parece que meu porto seguro ficou sem noção, de tempo, de espaço, de razão.
Sento e espero a doidera passar.
Seria pedir de mais, que tudo não passase de um engano, que ele está em casa com o cachorros, caminhando no meio das laranjeiras, falando da vida, e me fazendo pedidos impossíveis?
Ah, aproveito para pedir também, ja que estou aqui, que ele volte um pouco mais louco de vontade de me proteger, de me cuidar, de nos amar.
POrque desse jeito, mesmo longe eu me sinto desprotegida.
Seu louco, sai de dentro desta e manda meu pai de volta?


Porque hoje eu vou ter que dormir com vontade de ver normal o meu amor maior.
Dormir com o coração doendo, doendo, sofrendo.

Ao meu louco querido, desejo minha mais louca saniedade...

Com amor,
sua filha.



2 comentários:

Camla disse...

Tudo passa... Tudo sempre passa! Tenho certeza que seu louco predileto voltará mais louco ainda! Ele está lá apenas para tirar mais uns parafusos e tentar ficar um pouco mais parecido com a filha que é o grande orgulho dele.
Tudo vai se acertar!

Gisa Dias* disse...

Obrigada amiga, eu sei que nada acontece sem motivos em nossas vidas, resta a mim e a minha família nos unirmos e cuidar dele.

Beijos