17/11/2012

Olhe nos meus olhos...*

 
Uma senhora de cabelos brancos, ouvindo minha conversa no telefone, no super mercado, ao desligar me aborda.
- O amor acontece quando olhamos fundo nos olhos do outro, quando recenhemo-nos no outro. Levante a cabeça guria. Disse-me ela.
- Aham. (Como todos já sabem foi minha resposta, foi só o que consegui falar)
- Mostre estes olhos para o amor, liberte-se para amar.Não existe dedo podre, existem homens que não valem a pena, só isso.
Fiquei pensativa, olhando ela direito nos olhos, pasma.
- Olhe nos olhos, você vai de cara saber quando o encontrar. Caso contrário, saia com as amigas e beba.
 
Neste momento, foi em que segui para o corredor das bebidas e liguei para as amigas.
 
 
Meu olhar, sempre desvia quando avista perigo.
Não consigo, nos olhos olhar.
Não agora.
um dia.
 

2 comentários:

Pricila Barabach disse...

Real ou ficticia a história?
Nada mais édo que a verdade né Gi!! No fundo, a gente sempre sabe, se olhar bem nos olhos, o que tem futuro e o que não tem..
Saudades imensas de passar por aqui.. estou, aospoucos,reativando o blog.,.passa lá

cafécomcreme!
Abração

Gisa Dias* disse...

Um misto e verdade e ficção...

:)