05/06/2014

Não, eu já sou grandinha e sei cuidar de mim sozinha ;) *



Ó pra você.
Pra todos aqueles que pensam mais nos outros do que em si.
Para os que se preocupam por demais da conta em "cuidar" da vida alheia.
Para os que também gostam muito de desejar o mal ao próximo.
Ah loka essa guria!
Que nada!
Apenas de saaco (apesar de não ter propriamente um) cheio dessa gente que não tem o que fazer e gosta, curte uma preocupação alheia.
Aham, e tem. Como tem.
E haja paciência para conviver com esses tipos.
Porém um detalhe sobre a convivência.
Sabe quando a gente chega no ponto em que detestar essas pessoas não tem mais sentido, é indiferente e tu pensa: Poxa, vamos aplicar a prática da boa convivência, ou pelo a da falsidade recíproca e manter um dialogo, ser agradáveis, e blábláblá.
Só que não, não dá!
Pelo simples fato, de que existem nesse pequeno mundo de desafetos e empatias, pessoas que ultrapassam os limites da boa convivência e conseguem tornar o simples fato de sua existência insuportável.
Óh, que guria exagerada!
Áh fala sério, que tu que está lendo isso agora, AMA e ADORA todo mundo!
Não né?
Como eu já falei, ninguém é 100% perfeito, feliz, lindo(a), maravilhoso(a) e todo aquele blábláblá da perfeição, todos temos defeitinhos, alguns mais graves, outros nem tanto, mas o fato é que independente disso tudo, devemos para e pensar, será que não vale mais a pena eu cuidar bem, bem de mim ao invés de me preocupar com os outros, que já são crescidos, criados e vacinados?
Penso, que já bastam os meu problemas, mas já que fazem questão de compartilhar... me chama inbox que eu conto tudo e ainda dou uns boletos para pagar.
Pois se é pra cuidar da minha vida, que assuma minhas contas também.


beijos para os amigos e abraços para os curadores de plantão
 ;)