22/01/2016

Quem vem?*



Tem dias que nada a ver, tem horas que a gente olha, para, pensa e nossa, nada faz sentido.
Mas tem muita coisa boa que acontece que a gente não se dá conta.
Tem muita gente legal do lado que a gente não valoriza.
Alou, deu?
Tá na hora de dar um basta e valorizar somente o que vale a pena.
Valorizar somente o que faz bem.
Tá, mas como?
Atenção.
Vivendo tudo de bom que acontece plenamente cada instante, cada segundo, cada milésimo de tempo.
Vai ser repetitivo, vai.
Vai ter gente achando que é chato, vai.
Vai ter gente achando ruim, vai.
Vai ter gente desejando o mal, vai.
A felicidade incomoda, sim.
A vida é louca pra todo mundo, é.
Tem um dispositivo chamado VIVA, que é só acionar e tcharannn.
São tantas oportunidades.
Tantas chances.
Que se a gente parar de fato para pensar em tudo aquilo que bate em nossa porta, vamos nos dar conta que é muita coisa.
E muita coisa boa.
É tanta coisa boa.
Sério, tem muita coisa boa esperando a vez.
E muita coisa que tá ali ó, batendo na nossa cara e a gente dãããã nem aí.
Ah mas a vida não é um mar de flores, nem todo dia a gente acorda bem, nem todo mundo é legal.
Verdade, verdadeira!
 Mas não é por isso que temos que transformar a vida num calvário.
Então, hoje eu ligo o botão do esquecimento para tudo que não me faz bem e sigo em frente com minhas metas e meus planos.
Começamos bem, isso eu posso garantir.
E assim sigo, quem vem?



Nenhum comentário: