24/03/16

*o que você quer da minha vida?**



Dia desses, eu dentro do Expresso Azul, andei pensando.
Foi um misto de insegurança, medo, indecisões, alegrias, fantasias.
Um emaranhado.
Eu sempre fui uma pessoa que sofreu e sofre (MUITO diga-se de passagem) por antecipação, e sempre tive minha vida muito planejada.
Mas nada dava certo, mas era planejada!!!!
Até que cai na real, e concluí:
A vida é uma loucura, um dia você planeja A, mas acontece XYZ.
E comigo sempre foi assim, nada saia como eu planejava.
Nada dos meus planos mirabolantes, muito bem pensados deram certos.
Logo, parei de planejar!!!!
O que deu certo é que eu quis, de uma hora para outra e "puf" aconteceu.
Com o tempo eu passei a querer mais, mas mais assim, do nada de uma hora para outra.
Mas assim, já te digo, também não dava muito certo.
Poxa!
Será que é pedir de mais que de um jeito ou de outro o que eu quero dê certo?
E hoje, o que eu quero para a minha vida, te digo...
O que eu quero para a minha vida, é só um pouco mais de tranquilidade.
Dias de muito frio, e de muito sol, por favor!!!
Paciência para aceitar os outros, e que os outros tenham paciência comigo, justo.
Quero continuar sentido saudade, dessas que enchem o coração e os olhos.
Quero continuar lembrando da infância como o melhor tempo da minha vida.
Quero passar a compreender melhor, e aceitar que todo o trabalho e necessidade foram necessários para formação da minha pessoa.
Quero para a minha vida, bons novos e velhos amigos.
Pessoas com quem eu sei que SEMPRE poderei contar.
Amigos fieis.
Quero que permaneça em mim a criatividade de criança de ficar imaginando desenhos nas nuvens.
Quero conseguir entender como o avião, algo TÃO pesado, voa (é algo que não consigo entender apesar de todas as explicações que já me deram) enfim...
Quero para minha vida, saúde e força e perseverança, e fé, muita fé.
Para poder cuidar da minha família, como a minha família cuida de mim.
Para poder ajudar quem vem a mim.
Para ter sabedoria ao decidir o caminho.
Quero para minha vida, poder andar de cabeça erguida diante das escolhas que faço.
Quero poder sentar no Expresso Azul e sentir o apertinho no coração ao dar tchau para quem mais amo, e feliz por estar viajando para o futuro que eu escolhi.

A vida é assim, engraçada, coloca a gente em cada cilada.
O que você quer? Qual é a sua?


04/03/16

O olho e o brilho*



Você já olhou no fundo dos olhos de uma criança?
 Imaginando que poderia estar passando naquela cabecinha?
Ou olhou no fundo dos olhos de um morador de rua que com o olhar implora para ser visto para sociedade que nem faz ideia de  sua existência?
Já parou para olhar no fundo dos olhos do seu professor enquanto dá aula?
A magia que é o olhar de quem tem muito para doar.
Você já olhou no fundo dos olhos de uma pessoa sem esperança e sentiu medo de estar sendo consumido pela tristeza alheia?
Também já olhou nos olhos de um campeão e sentiu sua pele arrepiar de emoção?
Já olhou nos olhos de um cão, quando vem ao seu encontro todo faceiro balançando o rabo e lhe enchendo de lambidas?
E a sensação de todo, completude do olhar de um ser humano apaixonado? 
Perfeição.
Somos carentes de olhares profundos, daquele olhar mais intenso, aquele la nas entranhas.
O olhar que afaga, que abraça, que sorri.
Tem coisa melhor do que pessoas que sorriem com os olhos?
Aposto que não.
Quero que olhem minha alma.
Que sintam no meu olhar o meu eu.
Que seja intenso.
Que seja quente.
Pode até ser tímido, mas que seja.
Pode até ser maroto, mas que olhe.
Pode até ser critico, mas que note.
Pode até ser, desde que seja.
Olhe nos meus olhos que você vai ver, que o brilho dos meus olhos fica mais intenso quando você me olha.
Mas não me olhe distraído.
Pois é do seu brilho que eu preciso.




22/01/16

Quem vem?*



Tem dias que nada a ver, tem horas que a gente olha, para, pensa e nossa, nada faz sentido.
Mas tem muita coisa boa que acontece que a gente não se dá conta.
Tem muita gente legal do lado que a gente não valoriza.
Alou, deu?
Tá na hora de dar um basta e valorizar somente o que vale a pena.
Valorizar somente o que faz bem.
Tá, mas como?
Atenção.
Vivendo tudo de bom que acontece plenamente cada instante, cada segundo, cada milésimo de tempo.
Vai ser repetitivo, vai.
Vai ter gente achando que é chato, vai.
Vai ter gente achando ruim, vai.
Vai ter gente desejando o mal, vai.
A felicidade incomoda, sim.
A vida é louca pra todo mundo, é.
Tem um dispositivo chamado VIVA, que é só acionar e tcharannn.
São tantas oportunidades.
Tantas chances.
Que se a gente parar de fato para pensar em tudo aquilo que bate em nossa porta, vamos nos dar conta que é muita coisa.
E muita coisa boa.
É tanta coisa boa.
Sério, tem muita coisa boa esperando a vez.
E muita coisa que tá ali ó, batendo na nossa cara e a gente dãããã nem aí.
Ah mas a vida não é um mar de flores, nem todo dia a gente acorda bem, nem todo mundo é legal.
Verdade, verdadeira!
 Mas não é por isso que temos que transformar a vida num calvário.
Então, hoje eu ligo o botão do esquecimento para tudo que não me faz bem e sigo em frente com minhas metas e meus planos.
Começamos bem, isso eu posso garantir.
E assim sigo, quem vem?



04/09/15

Eu gosto de sorrir com os olhos*


Gosto de quem sorri com os olhos.
É tão sincero.
Um afago.
Lindo.
A transparência do sentimento.
A verdade.
Quem sorri com os olhos sorri com leveza.
Sorri com a alma.
Transborda o coração.
Enche de alegria o vão.
Quem sorri com os olhos, sorri também com o coração.
Eu, prefiro o brilho dos olhos, que uma palavra ao vento.
Eu gosto da timidez de um olhar.
Eu gosto.

( Então se eu não mostrar os dentes, não significa que eu esteja num péssimo dia, de mau humor, ou simplesmente te odiando por existir como todo mundo que te odeia mas disfarça, eu apenas quero sorrir com os olhos e ficar "na minha".)

beijo,

03/03/15

Dica*




Quando o estado é de calamidade mental.
De euforia desnecessária.
De exaustão do ser que não quer ser.
Aí é caso grave.
Anda.
Corre.
Grita.
Briga.
Chora.
Espera.
Consulta.
Se medica.
E se mesmo assim não resolver, anda, corre, grita, briga, chora e foge.

Pois não tem remédio nem solução não.

No momento, meio assim, sei lá, vamos se tratar para ver o que dá.




.

29/01/15

Cuida de mim?*


.

Eu sou uma rocha.
Ô,  que dureza.
Mas água mole em pedra dura, tanto bate até que... né, então, se apaixona.
Coisinha hein?
Preciso cada dia mais do riso solto.
Dos cafunés.
De quem muito bem me quer..
De poder ser sem noção.
Dos suspiros de tranquilidade.
Cócegas na barriga.
Do barulho do sono.
Do olhar carinhoso.
Dias e Dias sem fim.
Aí de mim.
Bem, cuida de mim?

Todo mundo, necessita ter alguém para quem se dedicar, mimar e cuidar.
Nem que seja, a si mesmo.


30/09/14

A alma.



Quando o corpo está ferido, ligeiramente procuramos fazer curativos, tratamentos, soluções de cura.
A casquinha é sinal de estar sarando.
Todo cuidado é pouco para não machucar mais.
Mas quando a alma está machucada, em uma sangria desatada, nem sempre damos conta na hora.
Tudo grita, o corpo, a alma, são dores terríveis, dias e noite de lágrimas intermináveis... e mesmo assim não damos conta.
Vamos perceber que a alma está por um fio, quando estamos á um passo do abismo pessoal interno.
Ou seja, tarde demais.
Que tristeza, que agonia.
Aflição.
Os males do mundo pendurados em uma mochila nas costas.
Tudo pesa, até o fato de estar doentinho é um peso e chato.
É, somos uma maquininha complicada.
Somos, e muitas vezes nem percebemos que deixamos de ser.
Só damos conta disso, quando o velocímetro diminui a velocidade e as imagens começam a fazer sentido e o remédio passa deixar de ser efeito.
Bem feito, quem não mandou cuidar de si.
Quem não mandou olhar pra dentro, se permitir.


12/09/14

Tenha um amor...

Tenha um amor.
Que seja doce.
Que te complete.
Que não te abandone nunca.
Que seja sua outra metade.
Tenha um  amor.
Tenha amor próprio por favor.
Tenha um amor, nem se seja uma maçã do Amor.
Pare de encher o saco e vá catar o amor, seja lá onde for.